Rocinha, a maior favela do mundo?

Todos somos avisados para ficarmos longe de favelas, pois são lugares perigosos habitados apenas por bandidos, mas, será que é mesmo? Julgamos uma comunidade inteira a base do que vemos nos noticiários, mas os habitantes das comunidades apenas não têm um lugar próprio para ficar, ou condições suficientes para cuidar de sua família.

Muitas vezes eles não têm saneamento básico e tem uma pobreza extrema. As favelas, chamadas como comunidades, apesar de serem conhecidos como um ambiente ruim de se viver, apenas 15% dos moradores das favelas gostariam de deixar o morro.

Quando muitas pessoas deixaram as áreas rurais do Brasil e mudaram-se para as cidades, sem encontrar um lugar para viver, acabaram morando nas periferias. E mesmo estando lá você consegue jogar cassino perfeitamente.

Vocês sabiam que a maior favela do Brasil é a Rocinha no Rio de Janeiro? Com até 70 mil habitantes, a comunidade virou um bairro pela lei N° 1 995. E a maior favela do mundo fica no Quênia com 2,5 milhões de habitantes. Muita gente não é mesmo? É quase o mesmo tanto de habitantes que temos em Salvador.